35 anos de Velta é premiada como melhor livro de aventura de 2008

Por Sabrine Kelmer

O prêmio será entregue numa grande festa no dia 29 de novembro de 2008, um sábado, das 14:00 às 19:00 horas, no Bar Blackmore, situado na Alameda dos Maracatins, nº 1317 (atrás do Shopping Ibirapuera), em São Paulo/SP. O roteirista Rod Gonzalez será o representante de Emir Ribeiro, e receberá, em seu nome, o troféu BIGORNA, relativo à premiação da 35 ANOS DE VELTA, como melhor livro de aventura de 2008. A matéria sobre o lançamento dessa edição foi vista aqui: http://www.emirribeiro.com.br/noticias_007.php

O sítio http://www.bigorna.net/ justificou cada premiação, sendo a da 35 ANOS DE VELTA, a seguinte:

" * 12 - MELHOR LIVRO DE AVENTURA/OUTROS: 35 ANOS DE VELTA (EMIR RIBEIRO) Este provavelmente é o caso mais gritante desta lista! Se por acaso há alguém aí que não conhece o paraibano Emir Ribeiro e sua loirona Velta, desligue o computador imediatamente e vá para o canto da sala, de castigo! É inadmissível que um autor com 35 anos de estrada, criador da super-heroína mais popular e conhecida do Brasil, autor de dezenas de livros e gibis, de centenas de páginas de HQs, de um longa-metragem, de serviços prestados para as Marvels e DCs da vida, NUNCA tenha ganho um prêmio por sua obra autoral!!! Emir é o típico caso de autor polêmico, cujo trabalho é mal-compreendido por alguns. É como o Flávio Colin, que quando estava vivo ninguém lhe dava um centavo, mas bastou morrer para virar gênio por unanimidade. Oras, vão querer repetir esse papelão com o Mestre Emir?!? Chega dessa vergonha! Emirzão, aceite este prêmio Bigorna. E perdoai nossos pecados!" http://www.bigorna.net/index.php?secao=noticias&id=1223618182 A premiação repercutiu na Paraíba, sendo noticiada pelo JORNAL DA PARAÍBA do dia 18 de outubro de 2008, no caderno "Vida/Geral." Leiam, a matéria, resumida: "Troféu Bigorna

Henrique Magalhães e Emir Ribeiro premiados


Dois paraibanos foram premiados no primeiro Troféu Bigorna, criado pelo sítio homônimo, que se dedica às notícias dos quadrinhos nacionais - chamados por lá de HQB. Henrique Magalhães venceu na categoria álbum/livro de humor, por "Macambira e sua gente", e Emir Ribeiro venceu com o livro de aventura, "35 anos de Velta." O sítio anunciou os vencedores este mês, com direito a comentários sobre os vencedores, a cargo do cartunista Márcio Baraldi, também autor do design do troféu. O prêmio, já com carta de intenções, demonstra a vontade de corrigir injustiças e fugir do eixo Rio-São Paulo. "Já dizia Caetano: 'Alguma coisa está fora da ordem mundial.' Só mesmo isso poderia explicar como um autor tão importante para a HQB, com três décadas de estrada, não havia ganho nenhum prêmio como cartunista até hoje. Já faturou um único como editor, pelo seu informativo Top-Top, mas como cartunista, infelizmente sua vasta carreira foi solenemente ignorada pelo sul-maravilha," escreve Baraldi sobre Henrique Magalhães. O tom enfático também está no texto sobre Emir [* ver acima]. Os demais vencedores podem ser conferido no Bigorna ( http://www.bigorna.net/ ), na seção de "notícias".

 




Velta 2011 ® Todos os Direitos Reservados - Emir Ribeiro