Velta, a super-detetive N° 4

Por Cláudio Leyria

Nesta quarta edição da super-heroína Velta, Emir Ribeiro comenta as decisões de criar uma personagem totalmente fora dos padrões da época em que foi lançada, há 4 décadas, inclusive com propostas sensuais durante uma ditadura militar.
E a história desta edição, "Carnaval", explora bem estas características que muitos autores evitavam, por questões de censura e por interesses comerciais.

Nesta história, Velta assume seu nome de guerra, que na época ainda era com W. E também define seu uniforme, na verdade um modelito de Carnaval. E é nesta aventura que surge a vilão Carateca Mascarada, que está aí na capa.
Um bônus: Emir explica, com ajuda de ilustrações, os procedimentos para se desenhar a Velta. Mais uma edição virtual muito caprichada. Obrigado, Emir!"

Vale destacar mais uma maravilhosa capa do Paulo Nery , e a capa traseira conta com o lápis do também mestre Seabra:
http://www28.zippyshare.com/v/77795252/file.html

 




Velta 2011 ® Todos os Direitos Reservados - Emir Ribeiro